Facebook
RSS

As receitas mundiais com anúncios on-line dos três principais sites de buscas tiveram forte queda no segundo trimestre, sendo que a mais expressiva foi a do MSN, – 20%, de acordo com um relatório publicado pela AdGooroo, consultoria de marketing online. O estudo aponta que o acordo de colaboração entre o Google e o Yahoo pode estar exercendo pressão sobre a Microsoft. Apesar disso, o Google, tal como o MSN, também registrou queda de receita (-6,4%) no período, enquanto o Yahoo teve um ligeiro aumento (+0,03%) na base de anunciantes, na comparação com o mesmo período do ano passado.

A consultoria observa que, embora as receitas com contas de anunciantes sejam historicamente um indicador de pesquisa confiável, o Google está tentando mudar as regras do jogo, dando ênfase à qualidade dos anúncios. Isso fica evidente, segundo a AdGooroo, ao se olhar para o número médio de anúncios exibidos por palavra-chave. Nos últimos seis meses, o número médio de anúncios por palavras-chave apresentado pelo Google, nos Estados Unidos, caiu de 6,5 para 4, uma queda quase 40%, indica o estudo.

O Google tem usado mais recentemente para medir a audiência dos anúncios on-line o seu novo algoritmo AutoMatch, o qual, segundo a consultoria, exibe automaticamente anúncios em “queries” (pesquisas nos bancos de dados) não especificamente orientados aos anunciantes, aumentando assim o número de ofertas em todas as palavras-chave. Ele trabalha analisando o conteúdo das páginas, anúncios e palavras-chave no seu grupo de anúncios e mostra seus anúncios em queries relevantes para essa informação. O AutoMatch foi lançado em maio passado e provavelmente só daqui a um ou dois trimestres a sua eficácia poderá ser julgada, de acordo com a AdGooroo.

O que dá para entender de tudo isso, é que os anuncinates estão diminuindo os investimentos em links patrocinados e talvez a razão que os está motivando é a forma como o Google define quando vai mostrar os anúncios. Parece que a relevância da pesquisa não está mais sendo levada em conta pelo buscador na hora de exibir os anúncios, então muitas vezes o que é exibido não tem muita relação com o que foi pesquisado. Os anunciantes passam a não ter tanto retorno e “pulam fora”.

Já tivemos alguns clientes que eram anunciantes “de carteirinha” do Adwords que fizeram a opção de investir na otimização do site para, com isso, diminuirem os investimentos nos anúncios patrocinados. Só uma empresa anunciava mais de R$ 10.000,00 por mês e agora retirou seus anúncios e está apostando suas fichas no posicionamento nos resultadeos orgânicos como forma de potencializar resultados comerciais.

CURTA NO FACEBOOK


Como podemos divulgar seu site:

  • Campanha de Links Patrocinados no Google Adwords
  • Otimização de site - SEO Otimização Site
  • Campanha de marketing nas redes sociais
  • Criação de site Otimizado - Desenvolvimento de site