Facebook
RSS

No final do ano passado o emarketer publicou que, em novembro/2008, mais de 146 milhões de internautas norte-americanos viram 87 vídeos cada um. Isso representava 77% da audiêcia total do país do tio Sam.

A previsão é que em 2012, esse público (de “vídeo-maníacos”) chegará a 88%. Assim como nos EUA, essa tendência ocorre em todo mundo. Saber disso e ter a possibilidade de rentabilizar essa audiência é uma grande oportunidade para as emrpesas, agências e profissionais de marketing.

Agora mais recentemente, uma outra pesquisa informou que os consumidores são 47% mais engajados em anúncios que são exibidos em vídeos online em comparação com a TV tradicional.

Bom, se temos cada vez mais pessoas assistindo vídeos na internet e ainda por cima eles estão mais identificados com vídeos online do que TV, é obrigatório dar mais atenção a isso como alternativa publicitária.

isso já vem ocorrendo. Os anúncios de grandes companhias usam cada vez mais a publicidade em vídeo com caráter viral, como forma forma barata de atingir muitos consumidores, afinal a distribuição acaba por ser exponencial e muitas vezes gratuita.

Como prender mais ainda atenção do internauta e estimular a divulgação?
Para  potencializar resultados, na hora de produzir um vídeo, é importante faciitar o compartilhamento e fazer com que o conteúdo esteja disponível no maior número de lugares possíveis. O público da internet, de uma forma geral, é jovem. Por isso, outra característica importante é que estas propagandas tenham pitadas de humor como forma de estimular o efeito viral. Abaixo um vídeo viral de um carro da marca Japonesa Mazda.

CURTA NO FACEBOOK


Como podemos divulgar seu site:

  • Campanha de Links Patrocinados no Google Adwords
  • Otimização de site - SEO Otimização Site
  • Campanha de marketing nas redes sociais
  • Criação de site Otimizado - Desenvolvimento de site