Facebook
RSS

Twitter: revolução ou moda?

jun - 9 - 2009
emarket

O Twitter tem crescido de forma explosiva. Segundo dados da consultoria americana Compete, especializada em estatísticas para a internet, o número de usuários saltou de 600 mil para 14 milhões em um ano, passando a frente do New York Times. É a rede social que mais cresce nos Estados Unidos.

O serviço vem desfrutando de um surto recente de popularidade devido à adesão de celebridades como o ator Ashton Kutcher e a apresentadora de televisão Oprah Winfrey, que o elogiaram publicamente e enviam “tweets” para alertar os leitores sobre notícias urgentes ou informá-los quanto às atividades mais mundanas dos remetentes. O presidente norte-americano, Barack Obama, usou o Twitter durante a campanha eleitoral do ano passado, e outras celebridades no Twitter incluem o astro do basquete Shaquille O´Neal e as cantoras Britney Spears e Miley Cyrus.

A maior parte das notícias sobre a internet hoje trata sobre o Twitter. Diariamente, fatos acabam repercutindo positivamente em relação à ferramenta como importante ou principal ferramenta de comunicação da internet atual. Há poucos dias, o prefeito de São Francisco, Gavin Newsom, e o co-fundador do Twitter, Biz Stone, anunciaram um serviço especial no Twitter, no qual as pessoas poderão mandar qualquer tipo de mensagem, de reclamações a sugestões, além de dúvidas.

No Brasil também o meio político está se ligando no Twitter. A Agência Senado e aq agência Câmara criaram perfis no Twitter para fornecer informações sobre as atividades, votações e audiências públicas. Segundo informações, a opção teria ocorrido em razão da rapidez e praticidade com que o serviço pode divulgar notícias para milhões de usuários.

Para completar a Time dedicou a capa desta semana para o site de micro-mensagens. Em um artigo, o escritor Steve Johnson explica como a forma pela qual os internautas subverteram a premissa inicial da ferramenta (O que você está fazendo?), transformou-a no meio de comunicação mais ágil e revolucionário da atualidade.

É uma febre! Uma revolução! – Será?

Twitter

Em pesquisa recente, a Nielsen chama atenção para a maneira explosiva com que o Twitter entrou em cena e está mudando o panorama do segmento de rede social. Mas alerta também para o fato de que os numeros indicam que um site de social network pode crescer rápido e cair rapidamente – “Lembram do Friendster? Lembram de quando o MySpace era uma força imbatível? Nem o Facebook nem o Twitter estao imunes” – analisa Jon Gibs, porta voz da pesquisadora.

Um levantamento da Purewire aponta que 25% dos usuários do Twitter não seguem nenhum perfil, enquanto 30% não têm nenhum seguidor.

Com base na análise de mais de 7 milhões de contas do Twitter, a empresa de segurança online Purewire concluiu que 40% dos usuários do serviço não postaram mensagens no microblog desde o dia em que criaram o perfil. Além disso, quase 80% têm menos de 10 posts. A análise dos perfis no Twitter incluiu o número de posts, interação entre usuários e nível de atividade das contas.

Outra conclusão é que 25% dos usuários do Twitter não seguem ninguém no serviço, enquanto mais de 50% seguem menos de 5 pessoas e dois terços dos usuários seguem menos de 10 perfis. Do outro lado, 30% dos usuários não têm nenhum seguidor; 70% têm menos de 5 seguidores; e 80% têm menos de 10 pessoas seguindo seu perfil no Twitter.

Outra pesquisa realizada pela universidade de Harvard entre 300 mil usuários do Twitter apontou que 90% do conteúdo do microblog é gerado por 10% dos internautas cadastrados no serviço. Conforme a pesquisa, mais da metade dos tuiteiros posta com um intervalo de 74 dias. Alguns internautas, dizem os pesquisadores, tuitaram “apenas uma vez na vida”.

Os resultados do estudo indicam que a onda de popularidade da ferramenta – que teria cerca de 10 milhões  de usuários em todo o mundo (ou até 14 milhões de usuários segundo algumas informações) – não é acompanhada por um entusiasmo no uso.

– Com base nos números, o Twitter certamente não é um serviço que todo mundo que viu adorou instantaneamente – disse Bill Heil, estudante de Harward que participou na pesquisa.

Portanto, o que parece é que o entusiasmo pelo Twitter é maior do que realmente a sua utilização.

E você amigo, o que acha? Dê sua opinião sobre o Twitter. Você utiliza o serviço? Comente.

CURTA NO FACEBOOK

5 Responses so far.

  1. Napse Blog disse:

    Muito interessante o texto.
    Acho que o twitter é uma nova força sim, mas não sozinha.
    A força do Twitter se dá principalmente quando associada a algum outro tipo de plataforma.
    Tanto que as empresas que estão usando o serviço sabidamente estão tendo um grande retorno.
    Parabéns pelo texto.
    Abraço.

  2. Karen Martins disse:

    Eu tenho twitter e gosto de seguir empresas, sites, bandas, enfim… tudo que me interessa.
    Acredito que, se usado corretamente, ele pode se tornar um grande aliado para o sucesso das empresas.

    Estava pesquisando blogs interessantes e me deparei com esse.
    Muito bom.
    Parabéns.

  3. Deise Prochnow disse:

    Eu uso o Twitter para publicar alguns eventos da minha cidade, dos grupos e comunidades em que trabalho, mas principalmente para acompanhar o que está sendo dito sobre algum assunto que me interessa, quando estou estudando uma marca, um produto ou uma novidade, uso o search do twitter.
    Apendi a fazer isto com a Drimio, a rede social de marcas – http://www.drimio.com. Quando você acessa uma marca na rede Drimio fica logo sabendo o que tem sido twittado sobre ela. Ótimo para quem monitora ou faz gestão de reputação nas Novas mídias.

  4. Triade disse:

    Uma coisa que faz o twitter ser diferente dos outros, q quer queira, quer nao, ele é para divulgação de noticias relevantes.
    Quem entra no twitter e começa a falar de si ou do cachorrinho, acaba uma hora “perdendo o pique”, pq ninguem o responde ou da feedback.
    Mas muita coisa interessante é postada no twitter em relação a ciencia, empresas, videos de noticiarios, etc, coisas que não sao entretenimento de massa.

  5. Comecei a usar o Twitter ontem. Tive um ótima impressão do site. Estou usando ele de maneira que vá me acrescentar conhecimento e não como futilidade. Uso para receber e distribuir informações do mercado publicitário e outros assuntos que são de meu interesse pessoal e profissional. Gostei muito da facilidade que se tem para chegar a informação, o Twitter é um ferramenta que amplia e facilita ainda mais o acesso a informação.
    O texto acima esta muito bom, a análise está ótima. Creio, como a maioria, que o Twitter ainda vai crescer mais, pois a as pessoas vão sentir uma certa “pressão social” cada vez maior para participar dessa rede, como foi com o orkut, aquele orkut que todos tinham e poucos sabiam para que servia.
    Como publicitária eu senti a necessidade de conhecer a ferramenta e já vi que tenho muito a ganhar com isso. O mundo dos profissionais de comunicação está presente com bastante intensidade no Twiter e isso me ajuda muito.


Como podemos divulgar seu site:

  • Campanha de Links Patrocinados no Google Adwords
  • Otimização de site - SEO Otimização Site
  • Campanha de marketing nas redes sociais
  • Criação de site Otimizado - Desenvolvimento de site