Facebook
RSS

Pela primeira vez totalmente liberado pela Justiça, o marketing eleitoral através da internet será utilizado em grande escala na próxima campanha política para o pleito deste ano, mas ainda não alcançará a mesma importância dedicada aos meios tradicionais.

A internet terá papel fundamental na mobilização de militantes e apoiadores informais dos partidos na campanha eleitoral deste ano. Alguns especialistas julgam que a web não terá o mesmo potencial de convencimento que rádio e televisão possuem hoje. Por outro lado entendem que o meio online tem mais capacidade de aproximar os eleitores dos candidatos, possibilitando o diálogo entre eles, e que por isso deverá receber atenção especial no mundo da política em 2010.

Seria contraditório se não fosse lógico. A propaganda eleitoral gratuita no rádio e na TV se dedica a divulgar fatos (verdades ou mentiras) aos eleitores. A internet, por outro lado, e principalmente com o domínio exercido pelas redes sociais atualmente (o Brasil é o país que mais utiliza redes sociais no mundo) proporciona que candidatos e partidos estabeleçam interatividade e comunicação com os usuários, possíveis eleitores e formadores de opinião.

Ou seja, é muito mais fácil enganar o eleitor  através dos meios tradicionais. Com a internet, o veículo da informação, isso já não é tão simples, porque qualquer internauta pode buscar rapidamente pelo histórico de um candidato enquanto navega, enquanto vê a sua propaganda, seja em que formato for.

Mesmo assim, as experiências de marketing em redes sociais – como Orkut, Facebook, Twitter, Youtube e blogs – será incorporada às estratégias de campanha política depois que a legislação eleitoral tornou a internet um território livre para a proganda dos candidatos.

O próprio caráter viral das redes sociais pode ser positivo ou negativo para os candidatos. A maioria prefere não correr o risco.

Reafirmo minha esperança que a internet ajude a moralizar um pouco isso tudo.

CURTA NO FACEBOOK

3 Responses so far.

  1. Juliana disse:

    Não faltava mais nada pra esses políticos inventarem!
    Além de termos que aguentar programas eleitorais de tortura gratuita na televisão e rádio em época eleitoral, agora eles vão encher nossas caixas de emails com spams de promessas a não serem cumpridas!

  2. “Não faltava mais nada pra esses políticos inventarem!
    Além de termos que aguentar programas eleitorais de tortura gratuita na televisão e rádio em época eleitoral, agora eles vão encher nossas caixas de emails com spams de promessas a não serem cumpridas!”

    Querida Juliana, já ouviu falar em bloqueio?

    A internet será um grande divisor de águas para esta campanha de 2010.
    Além de tudo que foi dito pelo artigo logo acima, podemos também apontar a proximidade do candidato com o eleitor, onde ele estiver, na hora que ele quiser. Ou seja, poderemos ter mais acesso, notícias, conversas e muito mais em tempo real. Fico com pena dos jornalistas, que vão ser os segundos a darem as notícias, já que as assessorias vão se encarregar de divulgar isso muito antes.

    []s

  3. Olá, Desenvolvemos uma plataforma virtual, colaborativa, baseada em Creative Commons para criar um mosaico com fotografias de BH sob o olhar do cidadão comum.É um espaço para os olhares “amadores” de Belo Horizonte (no melhor do duplo sentido!) O projeto é patrocinado pelo PSB, do prefeito Marcio Lacerda, já temos a sinalização para a divulgação do resultado em Exposições itinerantes até o final do ano em praças e circuito cultural de BH. Independente da ligação política não deixa de ser uma forma nova, não poluente (inclusive visual) e colaborativa, muito diferente das ações que enfeiam e sujam a cidade, dê sua opinião.
    Visite o site http://www.40horizontes.com.br
    Muito obrigado!


Como podemos divulgar seu site:

  • Campanha de Links Patrocinados no Google Adwords
  • Otimização de site - SEO Otimização Site
  • Campanha de marketing nas redes sociais
  • Criação de site Otimizado - Desenvolvimento de site