Facebook
RSS

As redes sociais nunca estiveram tão em alta. À medida que a internet cresce e abrange cada vez mais parte da sociedade brasileira, exemplos não faltam para comprovar o sucesso de ferramentas como Facebook, Twitter e Orkut e sua adesão no Brasil. Ainda mais em ano eleitoral, oportunidade para o contato entre políticos e eleitores se amplificar.

Ao menos 65 milhões de brasileiros acessam a internet, segundo dados do Ibope. Com a ampliação da web no Brasil, os internautas serão os principais alvos políticos.  Porém, o uso das ferramentas pelos políticos não vai escapar de restrições. Para campanha eleitoral de 2010, ficou vetado o uso de redes sociais, computadores, celulares e maquinário público em geral para recurso político.

A cartilha “Condutas Vedadas aos Agentes Públicos Federais em Eleições”, apresentada nesta última terça-feira (16), pelo advogado-geral da União, ministro Luís Inácio Lucena Adams, orienta desde o presidente da República até um funcionário público comum.

As penalidades de descumprimento incluem a cassação do registro da candidatura ou diploma de eleito, além da aplicação de multas.

Sobre publicidade no período eleitoral, a Cartilha esclarece os casos em que a presença do candidato na inauguração de obras públicas e contratação de shows artísticos para obras ou serviços públicos só poderá acontecer até três meses antes das eleições – 03 de julho.

Alguém, por favor, ajude o presidente Lula e envie essa cartilha pra ele e pra Dilma. Acho que eles não leram. Bom, pelo menos essa última questão (inauguração de obras públicas) eu tenho certeza que eles não devem estar sabendo.

CURTA NO FACEBOOK


Como podemos divulgar seu site:

  • Campanha de Links Patrocinados no Google Adwords
  • Otimização de site - SEO Otimização Site
  • Campanha de marketing nas redes sociais
  • Criação de site Otimizado - Desenvolvimento de site