Facebook
RSS

Uma nova caneta inteligente pode mudar a forma como as pessoas praticam a computação móvel ao levar poder de processamento à tradicional dupla “caneta e papel”. A nova caneta Livescribe Pulse Smartpen foi desenhada para digitalizar as palavras e desenhos que os usuários colocam no papel e assim lhes dar vida, agregando inclusive som.

Enquanto o usuário escreve em um papel impresso com um padrão especial, a caneta inteligente transforma o que é escrito em texto interativo. Por exemplo, a caneta tem uma função de gravação, chamada de “paper replay”, que pode gravar som e conectá-lo ao que o usuário escreve enquanto os sons são gravados. Mais tarde o usuário pode simplesmente encostar a caneta sobre o que escreveu e ouvir os sons associados.

A caneta inteligente, permite a criação de multimídia baseada em papel, como cartões de visita interativos.  Se um usuário de caneta inteligente quer saber a definição de uma palavra, pode escrever “definir” seguido do termo. A caneta, utilizando dados em sua memória, vai mostrar a definição em uma pequena tela. O mesmo procedimento pode ser utilizado para tradução ou solução de problemas de matemática.

Isto é uma nova forma de interagir com papel, porque efetivamente a caneta e o papel se tornam um computador.

As características da caneta dependem da sua habilidade de verificar a sua posição no papel. Isto é possível, por causa do papel que a caneta utiliza, o qual é impresso com micropontos, de acordo com uma técnica desenvolvida pela empresa sueca Anoto. O padrão certifica uma informação precisa de uma grade de posição em uma escala muito pequena.

A caneta sabe sua posição ao captar o que está sob sua ponta e processá-lo com algoritmos baseados em padrões de micropontos. O “paper replay”, por exemplo, funciona porque a caneta associa determinados pontos de uma faixa de áudio com lugares na folha. “Se voce imprimisse o padrão completo, cobriria a Europa e Ásia por inteiro”, diz Marggraff. “Então quando sua caneta chegasse em um canto do sul da Itália, saberia exatamente onde você está”.

Isto quer dizer que um usuário pode permanentemente ligar informações de áudio a determinados lugares em um caderno sem se preocupar em perder o link quando vira a página. Por causa do tamanho do padrão e das possibilidades de expansão no futuro não há preocupação de esgotamento.

Em adição à tecnologia de micropontos, a caneta inteligente Livescribe utiliza outras tecnologias, incluindo um sistema de gravação de áudio 3D. Esta tecnologia foi feita para tornar a função “paper replay” mais útil em situações menos favoráveis. Se um estudante está sentado no fundo de uma sala de aula, por exemplo, as gravações poderiam ser ruins. A caneta, entretanto, utiliza dois microfones para gravar o som da forma que é ouvido originalmente: dois microfones ajudam o ouvinte a diferenciar os sons, como é feito com os dois ouvidos.

Rodney Brooks, diretor de ciência da computação e inteligência artificial do MIT, que foi conselheiro do projeto, diz que ligar a escrita com a computação é um “passo adiante”. Apesar de dizer que é uma pena que se precise de papel específico, está muito entusiasmado com a tecnologia.

Além da caneta inteligente que já encontra-se a venda, a loja virtual de produtos importados Importenet também irá comercializar o caderno de papel especial. Usuários poderão também imprimir o padrão em folhas brancas normais utilizando certas impressoras de alta definição.

Veja o vídeo e entenda como funciona a “caneta mágica”:

CURTA NO FACEBOOK


Como podemos divulgar seu site:

  • Campanha de Links Patrocinados no Google Adwords
  • Otimização de site - SEO Otimização Site
  • Campanha de marketing nas redes sociais
  • Criação de site Otimizado - Desenvolvimento de site