Facebook
RSS

Enquanto a publicidade no Facebook não convence os usuários, o Google planeja um novo formato de publicidade que vai integrar buscas e a rede social Google+

Depois de muito alarde em torno das redes sociais como ferramenta de negócios e vendas, o mercado acabou chegando a conclusões não muito positivas para o Facebook. Um estudo feito recentemente pela Reuters/Ipsos revelou que 4 em cada 5 usuários do Facebook nunca compraram produtos depois de verem anúncios ou comentários na rede social.

Ou seja, os 900 milhões de usuários da rede social fazem do Facebook um dos mais populares sites, não estão interessados em anúncios ou não estão em processo de compra durante seus momentos de navegação. Nem toda sua popularidade, que desafiou gigantes como Google e Yahoo, é capaz de transformar o site de relacionamento em um ambiente voltado a negócios.

“Isto mostra que o Facebook vai ter que se empenhar mais para que os seus anúncios se tornem mais efetivos e relevantes para as pessoas”, afirmou Debra Williamson, analista da eMarketer.

Outro relatório, o Adobe Digital Index, mostrou que a propaganda no Facebook ainda é emergente e a busca continua como a maior geradora de ROI para os anunciantes. No último ano, os investimentos em publicidade na rede social, segundo o estudo, cresceram 93%, mas representam menos de 5% da publicidade nos sites de busca.

Enquanto isso, o Google que continua tentando bater o sucesso do Facebook com o seu Google+ começa a fazer movimentos nesse sentido.

Utilizando a força do seu buscador, que é o maior do mundo, o Google começa a oferecer novos formatos de publicidade para serem utilizados em consonância com a sua rede social, o Google+. É tudo que o gigante queria: utilizar a eficácia das buscas para incentivar a utilização da sua rede social.

Assim, o Google planeja um novo serviço dirigido a pequenas empresas (antes chamado Business Builder) que deve estar pronto para uso em julho, disse uma pessoa a par do assunto, segundo o Wall Street Jounal.

O elemento central nesse esforço é o Google+, a rede social que a empresa espera que os usuários utilizem para interagir com empresas locais que já têm suas páginas próprias na rede. Essas páginas do Google+ vão atrair o tráfego vindo das buscas.

Com a emergência dos tablets, os dispositivos móveis criam uma nova oportunidade para investimentos em busca, com ganhos de eficiência. Com isso, o Google quer que, quando um cliente visitar uma empresa, use seu smartphone com acesso à internet como uma carteira de dinheiro digital, fazendo pagamentos nas lojas que participam dos novos serviços do Google e ganhando pontos de fidelidade.

Do outro lado, o Google espera que as lojas e outras empresas usem suas novas páginas no Google+ para se comunicar com os clientes, mostrando-lhes vantagens e ofertas especiais

CURTA NO FACEBOOK


Como podemos divulgar seu site:

  • Campanha de Links Patrocinados no Google Adwords
  • Otimização de site - SEO Otimização Site
  • Campanha de marketing nas redes sociais
  • Criação de site Otimizado - Desenvolvimento de site