Facebook
RSS

Por Maria Fernanda Lacerda Pereira

atualização constante é parte vital das mais famosas redes sociais atuais (sim, estou falando de Facebook, Linkedin, Twitter, Instagram, etc.), bem como de grandes portais de notícias ou serviços de armazenamento de dados na nuvem – através da sincronização constante de arquivos.

controle e o gerenciamento desse volume de dados ainda não é uma tarefa presente na vida do usuário comum da web. Aliás, muitas pessoas nem ao menos percebem que isso pode ser um problema.

Quando informação demais pode ser ruim?

  1. Nas redes sociais: quando você recebe mais atualizações de empresas e pessoas com as quais você tem relacionamentos fracos do que com amigos e familiares.
  2. Na leitura de notícias: quando você tem mais notícias para ler do que pode dar conta e, ainda por cima, sobre assuntos que não são relevantes na sua vida.
  3. No e-mail: número excessivo de newsletters comerciais ou de diversos gêneros que não te interessam e pioram sua produtividade no trabalho e contato com pessoas importantes.
  4. Em mensagens instantâneas (Facebook Messenger, Whatsapp, Viber, etc.): quando elas atrapalham a sua vida off-line. Por exemplo, quando você perde momentos de reuniões de trabalho ou um encontro com amigos para conversar através de IM.
  5. Blogs e RSS: quando você se vê perdido em meio a milhões de informações, não lê nenhuma em profundidade e ainda se sente sempre em dívida com o leitor por não dar conta de ver tudo.
  6. Em aplicativos móveis: quando você se registra em mais jogos do que pode jogar, mais redes sociais do que pode acompanhar e recebe muitas notificações automáticas das mais diversas aplicações te avisando que você precisa realizar algo que não vai conseguir fazer.

O que fazer se você adora ser bombardeado de informações?

A resposta é muito simples: foco, disposição e configuração. Sabendo quais atividades e informações do mundo on-line são prioritárias para você, basta deixa a preguiça de lado e configurar as ferramentas que você mais usa.

É um pouco raso dizer isso, mas o fato é que muitos usuários da web não se dão conta de que em poucos minutos é possível ajustar todas essas ferramentas, desabilitar notificações push, bloquear pessoas inconvenientes do Facebook, entre tantas outras coisas que dispersam nossa atenção on-line.

A ansiedade pelo volume de informações irá desaparecer? É claro que não, mas a relevância dos conteúdos com certeza te deixará mais tranquilo.

Afinal de contas, seria a ansiedade que nos leva a querer tanta informação ou a avalanche de dados que nos deixa ansiosos?

Maria Fernanda – graduada em Administração de Empresas na ESAG – UDESC. Trabalha como analista de mercado na área indústrial e está sempre em busca de novos conhecimentos sobre negócios digitais.

CURTA NO FACEBOOK

One Response so far.

  1. Olá Maria Fernanda,

    Você definiu muito bem a realidade que vivemos nas redes sociais, mais como você mesmo descreveu, acredito que o segredo esta em manter o foco.
    E em um maior critério de seleção para assinaturas de newsletters e curtidas em fan pages no facebook, sem contar as pessoas, empresas ou blogs que se seguem no twitter. Um verdadeiro bombardeio de informações que muita das vezes você não tem o menor interesse em receber.

    Parabéns pelo blog,

    Sucesso


Como podemos divulgar seu site:

  • Campanha de Links Patrocinados no Google Adwords
  • Otimização de site - SEO Otimização Site
  • Campanha de marketing nas redes sociais
  • Criação de site Otimizado - Desenvolvimento de site