Facebook
RSS

As Olimpíadas do Twitter

ago - 10 - 2012
emarket

Olimpíadas sociais. Nunca os Jogos Olímpicos tinham sido tão documentados como esta edição de Londres. Pessoas andam com seus celulares prontos para captar qualquer  detalhe, de atletas no metrô a balés nos intervalos de jogos e choros em pódios, e disseminar todas essas informações para o mundo através das redes sociais.

Dentre todas as redes sociais, nessa olimpíada o Twitter é a que está sob os holofotes, com atletas tuitando sobre os jogos e fãs ao redor do mundo oferecendo seu apoio ao microblog. No geral, somente em número de tweets diários houve um aumento de 1,1 milhão em 2008 – ano da disputa em Pequim – para 140 milhões em 2012, segundo dados da consultoria Nielsen. Alguns dizem até que os Jogos poderão ser reconhecidos como “As Olimpíadas do Twitter”.

twitter-olimpiadas

Já que o serviço é um site para dividir experiências comuns, usuários em massa têm recorrido a ele para aplaudir as vitórias de seus atletas olímpicos e lamentar suas perdas. Quando a nadadora americana Missy Franklin, que tem 210 644 seguidores na rede, ganhou uma medalha de ouro no nado de 100 metros no início desta semana, tuítes sobre ela subiram a um ritmo de 12,7 mil por minuto. Alguns outros eventos trouxeram picos ainda maiores.

Nesta quinta-feira, um recorde foi batido no microblog. O perfil oficial do Twitter postou um “aviso de recorde” na tarde desta quinta-feira, 9, afirmando que “@Bolt” atingira a marca de 80 mil tuítes por minuto durante a vitória do jamaicano nos 200 metros livres em Londres. Marca nunca antes alcançada no período dos jogos olímpicos.  O atleta não escondeu o orgulho pela conquista numa de suas mensagens no microblog: “Agora eu sou uma lenda viva”, disse.

Um número significativo de atletas olímpicos está ajudando o crescimento da rede ao tuitar durante os jogos. Michael Phelps, por exemplo, trocou tuítes com o presidente Barack Obama, que escreveu: “Parabéns para Michael Phelps por quebrar o recorde de medalhas olímpicas de todos os tempos. Você deu orgulho ao seu país – bo”.  Phelps respondeu: “Obrigado Sr. Presidente. É uma honra representar os EUA”.

Mas a rápida disseminação da informação possibilitada pelas redes sociais tem contribuído para promover a olimpíada e despertar/alimentar/reter o interesse e entusiasmo do público com os Jogos de Londres: os espetadores dentro do parque olímpico podem seguir de perto os seus ídolos esportivos e “conversar” em tempo real com outros aficionados que não estão no recinto, e que de certeza estão a fazer “curto” em todas as fotos, com inveja e prazer.

CURTA NO FACEBOOK


Como podemos divulgar seu site:

  • Campanha de Links Patrocinados no Google Adwords
  • Otimização de site - SEO Otimização Site
  • Campanha de marketing nas redes sociais
  • Criação de site Otimizado - Desenvolvimento de site