Facebook
RSS

Marketing em midias sociais, marketing no facebook, marketing no twitter

Foto by Fotolia

A necessidade de estar informado sobre tudo e de ser aceito pelo grupo ao qual faz parte, causa ansiedade nas pessoas. Pelo menos 24% dos internautas sentem-se deixados de lado quando os amigos postam imagens de situações ou festas nas quais eles não participaram e 54% ficam felizes quando os colegas comentam seus posts.

Essa conclusão surgiu a partir do estudo chamado de Anatomia Social, realizado pelo Ibope Media em relação aos hábitos e atitudes dos latino-americanos frente às mídias sociais e reflete o gosto e a tendência dos brasileiros em participar das mídias sociais.

A pesquisa concluiu que mais de 70% dos membros do Facebook e Twitter curtem ou seguem alguma marca. No Facebook, os brasileiros por exemplo são fãs de dez fanpages, em média. Segundo a pesquisa os principais motivos não estão relacionados diretamente aos benefícios tangíveis, como descontos ou promoções. Cerca de 60% dos internautas das redes sociais buscam ações específicas, querem saber das novidades com exclusividade ou seguem a marca simplesmente porque são clientes. São consumidores ansiosos em aprofundar o relacionamento com as marcas.

Jan Rezab, CEO da SocialBakers, empresa especializada em métricas de redes sociais, esteve recentemente no Brasil, no evento “Curtindo o Facebook”, em São Paulo. Ele revelou que os posts nas fanpages do país costumam alcançar 30% dos fãs, o que é bom, segundo ele, mas por outro lado o engajamento de um post no Facebook costuma durar, em média, 30 minutos. Não tão bom assim. Ele disse também que os brasileiros carregam 50% mais fotos que usuários de qualquer outro pais.

Ou seja, o Facebook repete o Orkut, onde os brasileiros se destacavam em termos de relaionamentos. “O fato é que a maioria está em busca de interação e, de alguma forma, fazer parte da vida das marcas. Basta saber se estas estão dispostas a deixar o coração dos consumidores falar”, explica Juliana Sawaia, gerente de learning & insights do Ibope Media e autora do estudo “Anatomia Social”.

Exatamente isso foi que surprendeu o executivo da SocialBakers que disse que muitas empresas no país abrem páginas na rede social, mas deixam seus murais fechados.

“Por que entrar nas redes sociais se você não quer ouvir o feedback do público?”, perguntou. “Não há engajamento sem grande conteúdo. Pense em novas coisas”, completou, citando a fanpage da Kaiser como um case a ser seguido.

A conclusão é que as empresas ainda têm muito que aprender para colher os benefícios que a comunicação através das mídias sociais pode proporcionar para as marcas.

CURTA NO FACEBOOK


Como podemos divulgar seu site:

  • Campanha de Links Patrocinados no Google Adwords
  • Otimização de site - SEO Otimização Site
  • Campanha de marketing nas redes sociais
  • Criação de site Otimizado - Desenvolvimento de site