Facebook
RSS

O alcance dos blogs cresceu tanto, que se tornaram ferramentas eficientes para formar identidade, imagem e reputação de uma pessoa ou empresa.

Os publieditorias vêm sendo utilizados pelas empresas para divulgar seus serviços ou produtos em grandes blogs de grande audiência e relevância, contribuindo para fortalecer suas marcas e atrair visitantes para seus sites. Alguns blogueiros, que são referência em seu mercado, recomendam ou apenas mencionam produtos, serviços ou mesmo uma marca.

Hoje, existem agências digitais especializadas em procurar o blog ideal para divulgar diferentes tipos de produtos.

Enquanto as empresas de mídia procuram maneiras de aumentar a audiência e potencializar resultados, críticos alertam para os limites entre notícia e propaganda. Para alguns representantes da imprensa essa é uma prática danosa.

Esse tipo de matéria é realmente uma mensagem publicitária com cara de reportagem, que tem o objetivo integrar-se ao veículo de forma que não seja percebido como publicidade e com isso, agregar credibilidade à marca.

Alguns consideram que o publieditorial acaba por enganar o leitor e que, por esse motivo, é uma prática abusiva condenável, pois “afronta a ética e a transparência”.

O jornalismo é uma das ferramentas mais antigas de comunicação e durante todos essas “centenas” de anos foi alimentado pelas assessorias de imprensa. E o que fazem as assessorias de imprensa ao enviar sugestões de pauta para os veículos?

A diferença é que o publieditorial é pago em espécie ou mesmo com um presente. E a aprovação da pauta é motivada por outras razões: credibilidade ou influência do jornalista, um bom trabalho de apresentação da pauta, um grande evento reunindo a imprensa especializada, um presente ou até mesmo favor. Ou não?

Eu mesmo aqui no blog Publicidade na Web, aproveito diferentes materiais que os assessores nos enviam. É verdade que não cobro por isso. Mas já aconteceu de veicularmos matérias e recebermos pequenos jabás em meia-dúzia de vezes.

Novamente a mídia tradicional tenta bater de frente com a mídia online. Deve ser mesmo difícil ver o novo superando o velho.

Propaganda política gratuita na TV (que eu não pedi) e folders entupindo a minha caixa de correspondência pode, mas e-mail marketing (ou spam, como quiserem) não pode.

Matérias pagas na TV, rádio ou jornais pode, mas publieditorias em blogs fere a ética.

Ah! Faça-me um favor!

Otimização de releases é uma ferramenta de SEO
E digo mais:
Ao escolher o blog certo, seu produto pode atingir diretamente o público-alvo, gerando um aumento da procura e mais compras. Anunciar em um blog identificado com seu mercado/público faz com que pessoas que possam desejar seus produtos tenham acesso a eles e poupa aqueles quem não têm o mínimo interesse, coisa que outros veículos não conseguem. E com bons links contribuem para aumentar a relevância do seu site também no Google.

CURTA NO FACEBOOK

One Response so far.

  1. publicidade na internet disse:

    Cada vez mais as marcas têm de estar nas plataformas onde o seu público-alvo está presente. Os Blogs são sem dúvida extremamente importantes para a comunicação das marcas.


Como podemos divulgar seu site:

  • Campanha de Links Patrocinados no Google Adwords
  • Otimização de site - SEO Otimização Site
  • Campanha de marketing nas redes sociais
  • Criação de site Otimizado - Desenvolvimento de site