Facebook
RSS

O que você precisa saber para aproveitar todos benefícios proporcionados por uma estratégia de marketing nas mídias sociais.

De acordo com um estudo realizado pela Rock Content, 72,1% das empresas brasileiras investem em pelo menos uma estratégia de marketing em redes sociais e, desta parcela, 60% consideram esses canais extremamente importantes para os seus negócios. Tais dados foram coletados a partir de uma entrevista com 1030 gestores que lideram os setores de marketing em empresas de diferentes regiões do país.

O relatório também apresentou resultados: empresas que seguem um calendário de publicações em canais como o Facebook, Instagram e LinkedIn obtêm um número de visitas em seu blog 2,8 vezes maior.  E mais: a adoção do marketing de conteúdo em mídias sociais − feita por 58,6% dos gestores entrevistados – consegue gerar um volume de tráfego no blog 7,7 vezes maior em relação a quem não trabalha com essa estratégia.

Embora esses números comprovem o poder do marketing em redes sociais, várias empresas brasileiras ainda encontram dificuldades em obter retorno com essas mídias. Isso ocorre porque alguns gestores de “primeira viagem” acabam acreditando em ideias prontas sobre número de fãs, formatos de conteúdos, geração de leads, entre outros assuntos.

publicidade em redes sociais

Nesse contexto, resolvemos esclarecer alguns mitos e verdades sobre publicidade nas redes sociais:

1- Conseguir um grande número de fãs e seguidores é o principal objetivo do marketing em redes sociais

Mito. Para que uma estratégia nas redes sociais traga bons resultados, o objetivo principal deve ser engajar pessoas a ponto de torná-las potenciais consumidores. Isso significa que não basta ter milhares de fãs, se eles não interagem com a empresa.

O mais indicado, portanto, é criar um planejamento de postagens que estimulem seus fãs a se engajarem espontaneamente com a marca, seja por meio de conteúdos relevantes ou promoções interativas. Mesmo que a princípio o número de seguidores esteja na casa das centenas, sua audiência crescerá pouco a pouco e será composta não por fãs, mas por “embaixadores” da sua marca.

2- Conteúdo de qualidade é o protagonista do marketing em redes sociais

Essa é uma verdade indiscutível, afinal, como já dizia Bill Gates “O Conteúdo é Rei”. Em uma época onde as pessoas consomem informação todos os dias, é essencial que suas redes sociais ofereçam conteúdos de alta relevância, que entreguem uma solução, um entretenimento ou dicas úteis, por exemplo.

Além da qualidade, é imprescindível focar na personalização: por exemplo, o Facebook exige posts interessantes, porém descontraídos, enquanto o LinkedIn demanda conteúdos mais profissionais.  Por isso, o planejamento das postagens deve incluir um estudo de personas, isto é, de perfis de público em diferentes redes sociais, a fim de descobrir os interesses e formatos de conteúdos mais adequados a cada plataforma.

3- Marketing em redes sociais não gera leads

Mito.  Além de estimularem o engajamento social com sua empresa, redes como o Facebook e LinkedIn podem se tornar uma preciosa fonte de leads. Isso porque elas permitem trabalhar postagens e anúncios de maneira segmentada, ou seja, com foco em públicos específicos, selecionados a partir da faixa etária, localização geográfica ou interesses.

Outra possibilidade oferecida pelas redes sociais para geração de leads são os grupos. Por exemplo, no Facebook há grupos sobre alimentação saudável, arquitetura, vegetarianismo, moda, entre centenas de outros temas que podem ter relação com a sua empresa. Já o LinkedIn reúne grupos relacionados a profissões, mercados, consultorias e economia, abrindo espaço para networking entre empresas B2B. Aproveitar esses canais para disseminar conteúdos sobre o seu produto ou serviço pode ser decisivo para sua estratégia de geração de leads.

4- Marketing em redes sociais é gratuito

Mito. Ter uma página ou um perfil em uma rede social é realmente gratuito, porém, uma estratégia de marketing nesses canais demanda investimentos com postagens bem elaboradas, impulsionamentos segmentados e otimizações contínuas com base na interação e comportamento dos seguidores. Tudo isso exige a contratação de uma empresa especializada em marketing em redes sociais, pois será necessário uma equipe de designers, redatores e especialistas em engajamento.

comunicação e marketing midias sociais

5- É preciso escolher as redes sociais certas para uma empresa

Verdade. Estar presente em um grande número de redes sociais apenas porque elas estão “na moda” pode trazer mais prejuízo que vantagens. E a razão é simples: nem todas as mídias sociais são adequadas ao seu segmento de negócio, já que cada uma possui um propósito de interação e especificidades de público.

Por exemplo, o Instagram é voltado para a publicação de fotos, por isso, é mais indicado para empresas que precisam trabalhar seu apelo visual como nos segmentos de moda, turismo e arquitetura. Já o Twitter é uma rede focada em disseminar pensamentos, citações, ideias e opiniões, sendo uma rede interessante para editoras, agências de notícias, empresas de coaching e mentoria, entre outros segmentos que necessitem de uma comunicação mais direta com o seu público. Portanto, a escolha correta das redes sociais para uma estratégia de marketing será decisiva para obter um retorno real em engajamento e geração de leads.

Nos tópicos acima esclarecemos alguns mitos e verdades sobre o marketing em redes sociais.

Certamente, há outras questões sobre publicidade digital que podem confundir empresários e gestores, por isso, não deixe de ler mais outros artigos em nosso blog.

CURTA NO FACEBOOK


Como podemos divulgar seu site:

  • Campanha de Links Patrocinados no Google Adwords
  • Otimização de site - SEO Otimização Site
  • Campanha de marketing nas redes sociais
  • Criação de site Otimizado - Desenvolvimento de site