Facebook
RSS

Apesar da rápida popularização, o marketing de conteúdo nem sempre é feito corretamente. Confira erros que podem estar minando a sua estratégia e comprometendo os resultados.

De acordo com a pesquisa Content Trends 2017, 71% das empresas já usam o marketing de conteúdo para alavancar vendas. Das que não usam, 58,3% pretendem investir na estratégia. Isto prova que ela conquistou os empreendedores e veio para ficar. Devido à competição cada vez mais acirrada nos meios digitais, para conquistar um lugar ao sol, as empresas investem cada vez mais no marketing de conteúdo. Diariamente, milhões de posts são publicados em blogs de todo mundo.

O problema é que é comum encontrar empresas que aplicam o marketing de conteúdo de maneira equivocada. Afinal, criar um blog e começar as publicações sem critério ou planejamento não te leva a lugar algum!

Será que você faz parte deste grupo? Confira 8 erros que você pode estar cometendo e que comprometem seriamente sua estratégia e, consequentemente, os resultados:

  1. Oferecer qualquer tipo de conteúdo

A superexposição ao conteúdo é um problema sério para os profissionais da área. Afinal, se mais de dois milhões de posts de blogs são publicados todos os dias internet afora, é cada vez mais difícil atrair a atenção do público.

Isso significa que é preciso ser cada vez mais criterioso com o conteúdo criado para promover a sua marca. Foi-se o tempo em que os consumidores e os mecanismos de busca “engoliam” qualquer coisa!

Assim, é recomendado que os posts sejam o mais ricos de informação possível, detalhados e apontem para fontes com reputação e qualidade. Quanto ao tamanho do conteúdo, o ideal é que posts de blogs tenham pelo menos entre 800 e 1000 palavras. Estes fatores farão com que você se sobressaia em meio aos milhões de posts presentes na rede. Para não errar, o melhor é planejar o conteúdo e montar um cronograma de publicação para o seu blog ou site.

marketing de conteúdo

  1. Não investir em backlinks

A internet é feita de conexões entre páginas. Não é à toa que o Google recompensa páginas com backlinks de qualidade.

Ou seja: não basta publicar. É preciso que outros sites façam links apontando para o seu conteúdo, de modo que o seu domínio ganhe reputação.

A maneira mais popular de fazer link building é por meio de guest posts: você publica algo em um site parceiro, e ele publica algo em sua página. Isto sinaliza que você se preocupa com a experiência do usuário, melhorando seu rankeamento no Google – algo fundamental para o sucesso do marketing de conteúdo.

  1. Esquecer da qualidade e fixar-se na quantidade

Menos, às vezes é mais, tanto quanto à quantidade de conteúdo como de links. Isso significa que publicar todos os dias não adianta nada se o conteúdo for raso e não gerar valor para seu público.

Do mesmo modo, angariar links em sites de má reputação pode ser inócuo – ou, pior ainda, pode prejudicar o seu rankeamento e te enquadrar em black hat

Portanto, é preciso escolher seus parceiros e construir seus conteúdos com cuidado. Lembre-se: seus posts também são uma vitrine para o seu negócio. Não arrisque-os!

  1. Não usar a assessoria de imprensa digital

A assessoria de imprensa ou de comunicação é uma técnica antiga, usada para posicionar marcas na imprensa de modo estratégico.

Com o advento da internet, ela adquiriu dupla função: além de trabalhar a imagem e a reputação da sua marca, ela também ajuda no link building e na estratégia de conteúdo. Afinal, a reputação dos domínios de sites de notícias costumam ser mais altas que de sites comerciais. Deste modo, links partindo deles têm mais a agregar a seu site.

O trabalho de pesquisar sites relevantes e fazer parcerias de troca de links ou colaboração não é tão difícil, mas geralmente, vale a pena contratar uma agência especializada que insira notícias sobre a sua marca em portais estratégicos.

  1. Querer resultados instantâneos

É indiscutível: SEO e marketing de conteúdo são estratégias pensadas para o longo prazo.

Os resultados incríveis de que tanto se fala são atingidos depois de meses – ou, às vezes, anos – de trabalho árduo.

Portanto, não adianta começar a trabalhar com esta estratégia em janeiro pensando que ela alavancará suas vendas em uma data comercial próxima, como o dia das mães. É preciso pensar mais longe.

Do mesmo modo, não vale a pena cair na tentação e ceder às técnicas de SEO black hat. É uma questão de tempo até você ser pego e punido, tendo todo o seu esforço desperdiçado.

  1. Não dialogar com o público

Os consumidores não querem mais saber de marcas que só falam nelas mesmas. É por conta disso que a publicidade tradicional tem cada vez menos espaço no mercado.

Portanto, além de gerar conteúdo, interagir com o público é de fundamental importância. Responda às dúvidas, aos comentários e mantenha canais de comunicação abertos. Não há melhor maneira de fidelizar o público e alavancar definitivamente as vendas!

  1. Esquecer da prova social

Por mais que o objetivo do marketing de conteúdo seja alavancar as vendas, esta não é a única métrica para saber se a sua estratégia está na direção certa. Afinal, este tipo de marketing também traz outros benefícios para a sua marca, como uma melhora na reputação e sua promoção junto a novos públicos.

Desta forma, também é importante estar atento à prova social, que nada mais é do que o público diz sobre você. É um bom indício sobre a qualidade do seu conteúdo e o impacto e o interesse que ele desperta no público.

CURTA NO FACEBOOK


Como podemos divulgar seu site:

  • Campanha de Links Patrocinados no Google Adwords
  • Otimização de site - SEO Otimização Site
  • Campanha de marketing nas redes sociais
  • Criação de site Otimizado - Desenvolvimento de site